As Pelejas de Baltazar

 

SINOPSE

A mulher de Baltazar, Rosinha, acredita que está grávida, mas para ter certeza é preciso que Baltazar procure uma mestra e traga para confirmar. Ao ficar sozinha, Rosinha é levada pelo Papa Figo, que anteriormente já tinha raptado o Capitão João Redondo, pai de Rosinha. Ao chegar com a mestra, ambos se dão conta que Rosinha sumiu. Para que Baltazar possa recuperar sua amada, a mestra informa que ele deve vencer 3 desafios: encontrar e pegar o arreio da Mula Sem Cabeça, conquistar o medalhão do peito do Nego D’água e derrotar numa luta o Lobisomem. Ele parte e começam as pelejas de Baltazar. Diversos personagens da cultura popular nordestina e brasileira fazem parte destas pelejas, que são contadas por dois brincantes, Mateo e Birico, que utilizam os bonecos de João Redondo para narrar esta saga com cenas de interação entre atores, bonecos e público, levando o espetáculo para além da tolda.

 

PROJETO DE MONTAGEM

A montagem de AS PELEJAS DE BALTAZAR prima pela interação entre atores e bonecos, sem perder de vista que estamos tratando de uma tradição, o João Redondo, que possui alguns códigos que precisam ser mantidos. Foram confeccionados bonecos especialmente para o espetáculo em mulungu e papel machê. Um dos diferenciais da montagem é que o espetáculo ocorre também fora da tolda, já que diversas cenas são trazidas para muito próximo do público através de um dos atores.
Mesmo utilizando um texto, o espetáculo também valoriza a interação com o público e o improviso, justamente por ser um trabalho montado para a rua, o que faz do jogo cênico algo dinâmico e colocando os atores/brincantes em constante estado de alerta.
Outra opção da montagem foi uma trilha sonora híbrida, tocada ao vivo pelos atores em determinadas cenas e outras a utilização de som eletrônico. Estas últimas também tem como mote a homenagem as bandas filarmônicas e músicos da região do Seridó Potiguar, sobretudo Tonheca Dantas, que tanto embalam as festas locais e o cotidiano dos seridoenses e artistas consagrados na música popular brasileira, como Ernesto Nazareth e José M. Nunes Garcia.

 

FICHA TÉCNICA

– Direção: Lourival Andrade
– Dramaturgia: Emanuel Bonequeiro
– Elenco: Emanuel Bonequeiro e Alexandre Muniz
– Cenário da Tolda e adereços: Custódio Jacinto
– Figurinos dos atores: Camila Muniz
– Confecção dos bonecos: Emanuel Bonequeiro
– Finalização e acabamento dos bonecos e cenário: Custódio Jacinto e Ivanize Medeiros Costa
– Pesquisa de Trilha sonora: Lourival Andrade
– Execução de Trilha Sonora: Custódio Jacinto
– Compositores: Tonheca Dantas, Ernesto Nazareth e José Maurício Nunes Garcia

 

TRAJETÓRIA

2022
04/09 – 18h – Quadra do Mercado Público no Distrito de Laginhas – Caicó/RN
15/09 – 20h – Virada Cultural – Praça da Matriz – Capitólio/MG
25/11 – 16h – Aldeia SESC Seridó – Escola Municipal Cipriano L. Galvão – Comunidade Totoró – Currais Novos/RN

2023
28/01 – 19h – Praça Pauloxia – Janduís/RN
09/04 – 19h – Adro da Igreja Matriz de São Sebastião – Equador/RN
16/04 – 10h – Quadra de esportes do Povoado Ermo – Carnaúba dos Dantas/RN
21/04 – 17h – Sede da Associação Cultural Trapiá – Caicó/RN
23/04 – 10h – Centro Paroquial Alto dos Remédios – Cruzeta/RN
23/04 – 17h – Praça de eventos Dr. Silvio Bezerra de Melo – Cruzeta/RN
28/04 – 20h – Praça Caetano Dantas – Carnaúba dos Dantas/RN
30/04 – 10h – Quadra Comunidade Bulhões – Acari/RN
30/04 – 20h – Em frente a Igreja Basílica Nossa Senhora da Guia – Acari/RN
07/05 – 10h – Comunidade Quilombola Negros do Riacho – Currais Novos/RN
07/05 – 17h – Praça Cristo Rei – Currais Novos/RN
14/05 – 10h – Quilombo Boa Vista dos Negros – Parelhas/RN
14/05 – 20h – Em frente a Casa de Cultura – Parelhas/RN
26/07 – 17h – Centro Cultural Adjuto Dias – Caicó/RN
05/08 – 17h30 – Praça José Josias Fernandes – São Fernando/RN
06/08 – 17h30 – Praça da Academia Popular – São José do Seridó/RN
12/08 – 17h30 – Praça Senador Dinarte Mariz – Serra Negra do Norte/RN
13/08 – 17h30 – Praça Chilon Batista – Timbaúba dos Batistas/RN
19/08 – 17h30 – Praça Antônio Quintino de Araújo – São João do Sabugi/RN
25/08 – 20h – Praça Alexandre Arraes – Crato/CE (Mostra SESC Cariri de Culturas)
26/08 – 20h – Praça Padre Cícero – Juazeiro do Norte/CE (Mostra SESC Cariri de Culturas)
02/09 – 17h30 – Praça Caetano Dantas – Carnaúba dos Dantas/RN
07/09 – 16H – Aldeias Infantis SOS – Caicó/RN
09/09 – 17h30 – O Macedão – Ipueira/RN
09/10 – 15h – 6º FESTIN (Festival de Teatro Infantil de Natal) – Teatro Alberto Maranhão – Natal/RN
11/10 – 16h – Semana da Criança – Casa do Artesão – Caicó/RN
14/10 – 16h – Festa das Crianças do Bairro Soledade – Praça Irmã Josefa – Caicó/RN
18/10 – 18h30 – Auditório do CERES (Seminário de Ensino, Pesquisa e Extensão do CERES/UFRN) – Caicó/RN
28/10 – 19h – Festival de Teatro de Limoeiro – Limoeiro/PE
24/11 – 20h30 – 9º Festival de Teatro de Mangabeira (Praça do Coqueiral) – João Pessoa/PB
20/12 – 19h – Praça Alto da Boa Vista – Natal Cultural de Alexandria/RN

2024
24/03 – 10h – Comunidade São Bento – Santana do Seridó/RN
24/03 – 20h – Centro Cultural Felinto Ivo Bezerra – Santana do Seridó/RN
07/04 – 9h – Capela de Santa Luiza – Comunidade Lajes – Ouro Branco/RN
07/04 – 20h – Patamar da Igreja Matriz Divino Espírito Santo – Ouro Branco/RN
26/04 – 9h – Associação Rural da Comunidade Ramada – São Fernando/RN
26/04 – 19h – Praça de Eventos José Josias Fernandes – São Fernando/RN
28/04 – 20h – Patamar da Igreja Matriz de São José – São José do Seridó/RN
30/04 – 9h – Unidade de Ensino José Cirilo Alves – Comunidade Caatinga Grande – São José do Seridó/RN
01/05 – 9h – Galpão da Associação Sítio Boa Vista – Ipueira/RN
01/05 – 20h – Patamar da Igreja Matriz – Ipueira/RN